HOJE O CONTADOR NÃO TRABALHA PARA O CLIENTE, MAS PARA O GOVERNO!!!

HOJE O CONTADOR NÃO TRABALHA PARA O CLIENTE, MAS PARA O GOVERNO!!!
Atualmente nós contadores vivemos trabalhando somente para cumprir as obrigações através da internet para os governos: Federal, Estadual e Municipal!

16/09/12 01:00

CONTADOR TRABALHA CADA VEZ MAIS PARA O GOVERNO

2012 promete ser um ano de mudanças dentro do setor de contabilidade. De acordo com Luiz Fernando Nóbrega, presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRC).“Não há dúvida de que estamos entre os países mais avançados no setor de contabilidade. O que esperamos agora é que se desenvolva um processo mais fácil e menos burocrático, para que o contador tenha mais tempo para analisar separadamente cada ação, e agir melhor”, afirmou o executivo.

De acordo com Nóbrega o papel do contador no Brasil está um pouco distorcido. “Hoje o contador não trabalha para o cliente mas para o governo”, disse ele, e continuou: “Uma desburocratização por parte do governo eliminaria uma série de informações redundantes que são constantemente enviadas”.
“A profissão contábil adentra 2012 com uma expectativa ainda maior do que a de 2011. Estamos sendo cada vez mais reconhecidos pela sociedade com um papel de destaque no auxílio efetivo aos nossos clientes. As normas internacionais estão se consolidando tanto na área privada quanto na pública”, diz.
E com a desburocratização também será importante para valorizar o profissional da área. “Quando o governo perceber que há uma necessidade de rever formas de tributação, nós mudaremos toda a cultura do segmento”, assevera Nóbrega,e explica:“Feito isso, o profissional irá escrever mais, pensar mais, e as tributações serão mais justas, e o crescimento será latente, teremos escritórios que contratarão ainda mais, universidades formarão ainda mais e empresas perceberão a necessidade de profissionalizar este setor”, disse.
“Isso se traduz, para nós, profissionais da contabilidade, em uma economia de tempo valiosa que nos permitirá atuar em áreas mais nobres para os nossos clientes, áreas estas que possam gerar um maior valor com nossos serviços”, analisa.
Mudanças
O executivo explica que há uma movimentação conjunta entre associações, empresas e contadores para pressionar o governo e mudar a realidade tributária do Brasil. “É uma ação conjunta com pressão por parte dos órgãos que representam o setor,além de empresas que buscam melhorias.”
Fonte: DCI – SP

Notícias anteriores
NOVO PRAZO EFD-CONTRIBUÇÕES 01/01/2013
NOVO PRAZO EFD-CONTRIBUÇÕES 01/01/2013

26/08/12 18:00

PRORROGADO O PRAZO DO EFD-CONTRIBUIÇÕES PIS E COFINS 2013
Ministério do Trabalho
Ministério do Trabalho

23/12/11 20:00

NOVO SALÁRIO MÍNIMO PARA 01/01/2012
Simples Nacional
Simples Nacional

21/12/11 20:00

SUBLIMITES PARA 2012 DO ICMS DOS ESTADOS